quinta-feira, 21 de junho de 2012

Canivete multifunção

Ferramenta importantíssima o canivete deve ser um item obrigatório na mochila. Particularmente meu canivete multifunção está na minha bolsa junto com kit de emergência, inclusive já usei a chave de fenda para desmontar um armário, com a serra modifiquei um móvel que tinha no meu quarto, adaptei estante, cortei capa de fio, preparei comida, já abri várias latas de leite condensado, abri vinhos, entre outras coisas. Já usei muito, pois estava sempre ao meu alcance, sempre na bolsa e por todos esses anos ele ainda mantem seu fio, impecável. E somente hoje resolvi tratar ele melhor, lubrificando a engrenagem, limpando suas "entranhas" e assim que aprender vou afiá-lo.
Tenho um modelo Victorinox Camping que deve ser do ano 1998. Esse eu não largo e  nem empresto!



Testei esse tutorial para limpeza do canivete, só troquei o óleo por um de máquinas da Singer (tem que pingar muito pouco).


Existem muitos apaixonados por esse tipo de equipamento e por facas. Saber escolher uma boa marca é sinônimo de segurança no manuseio e eficácia no resultado. Um Victorinox é caro, mas é uma ferramenta para a vida toda, existem marcas nacionais que são bem conceituadas por aqueles que curtem cutelaria e com um preço bem mais acessível. As marcas que os fãs de cutelaria indicam: Zebu, Bianchi, Cimo e alguns indicam a Tramontina.
Para escolher um modelo você tem que decidir primeiro onde vai usá-lo, não compre por impulso, às vezes,  não se precisa de um canivete multifunção, mas sim de uma simples lâmina.

Uma curiosidade:
O termo "canivete suiço" é marca registrada da Victorinox AG e de sua subsidiária Wenger SA

Minha próxima ferramenta multifunção será uma Leatherman modelo juice Cs4, um modelo projetado em 2001, mas extremamente atual. Seu tamanho é de apenas 8,25 cm fechada e pesa apenas 156g. Olha que linda!

























E para fechar esse post indico uma leitura bacana sobre a origem do canivete suiço no blog Tocandira.

12 comentários:

  1. Parabéns pelo blog!

    Gasparello (Tocandira)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu blog!
    Nao posso deixar de comentar q tbm possuo um victorinox 1998 e nao deixo ninguem encostar nele... Juntamente com uma boa faca, eh a melhor companhia para o mato. Abraco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wagner. Esse meu canivete me acompanha diariamente, eu só tiro da bolsa qdo vou aos bancos e na hora do embarque nos aviões. Esse é um equipamento que confio plenamente. Obrigada pela visita! Abs

      Excluir
    2. Boa noite Priscila!
      Sugiro que quando vc puder, adquira um Swisscard da própria Victorinox.. vc não vai precisar abrir mão dele nos bancos e nem nos aviões, e tem a mesma qualidade do canivete.

      Abraço.

      Excluir
    3. Eu tenho um xing ling, mas não conseguiu substituir o canivete. Vc já entrou no avião com um cartão de sobrevivência? Abs

      Excluir
  3. meu vitor inox igual ao seu me acompanha aonde vou, agora comprei uns 4 modelos diferentes, mas nãoabro mão dopioneiro, e tenho um inox modelo platonda nautica camuflado , tem excelente corte, já a multi ferramenta, por questãode preço menor comprei a gerber radius, muito boa para quem tem mãos enormes como eu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gerber tem produtos fantásticos, eu gosto da faca de sobrevivência Gator Fixed, mas aqui no Brasil ainda não encontrei uma. Eu recentemente comprei um modelo da Victorinox bem compacto, clássico para colocar no chaveiro.

      Excluir
  4. Caso opte por um canivete da Victorinox, dê preferência para os modelos com lâmina grande como o "picknicker", "rucksack" ou "outrider", além de serem maiores as lâminas possuem trava de segurança contra fechamento acidental.

    ResponderExcluir
  5. Priscila,

    Para lubrificar seu Victorinox, use vaselina líquida (ou a pasta mesmo). Aqueça um pouco o canivete e aqueça também a vaselina e pingue na junção.
    O óleo Singer apesar de ser bem penetrante, espalha mais que notícia ruim, contaminará a lâmina e se fatiares um salaminho, teu sanduíche ficará com gosto de motor de balsa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, Caredan, obrigada pela dica. Atualmente para as manutenções das lâminas tenho usado óleo mineral de uso interno. Abs

      Excluir